terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

O efeito de estufa

Vapor de água, dióxido de carbono, metano e outros gases existentes na atmosfera absorvem a radiação de calor das "ondas longas", e enviam-nas de novo para a Terra. É como quando te enroscas no teu edredão. O calor do teu corpo não se escapa e, aos poucos vais aquecendo, no entanto não aqueces continuamente, isto porque o edredão deixa escapar algum do calor para o ar.


94% do calor do sol entra pela atmosfera.
Algum calor escapa pela atmosfera mas a maioria é reflectido de volta pelos gases de estufa.

O que é que ocorreu mal?
Os gases de estufa estão a aumentar porque nós perturbamos o equilíbrio da atmosfera com a quantidade de combustíveis fósseis que queimamos, e com outras acções que produzem gases de estufa tais como o dióxido de carbono e o metano. Estes fazem com que mais calor seja retido no interior da atmosfera, o significado que a Terra está a aquecer.





















A nossa atmosfera

A nossa atmosfera é um manto invisível que envolve todo o planeta. A sua existência é a razão pela qual o nosso planeta é o local perfeito para viver! Mantém a Terra à temperatura correcta que as plantas se desenvolvam e produzam o gás da vida - o oxigénio.


O AR QUE RESPIRAMOS 
É impressionante a quantidade de oxigénio existente na atmosfera terrestre. Por um lado o oxigénio é extraordinariamente reactivo, pelo que se mistura com facilidade com outros elementos formando compostos, como a água, capazes de gerar vida. É também o único gás de que todas as espécies animais existentes no planeta necessitam para sobreviver. Então, como se explica que seja liberto tanto oxigénio para atmosfera? Só existe porque é continuamente criado e liberto pelas plantas.


Camadas de ar
A atmosfera é composta de quatro camadas. O ar que respiramos está na troposfera. Mais exactamente 80 a90 % do ar do planeta está na troposfera, é mantido aí pela gravidade. Quase todo o restante ar se encontra na estratosfera, acima das nuvens, onde voam os aviões. Do lado de fora da janela de um avião, o ar é demasiado fino para ser respirável. Num nível mais elevado, na mesosfera, o ar torna-se demasiado frio, descendo de temperatura até uns gélidos -90 ºC. Já na termosfera, o ar é demasiado quente, quanto mais alto, mais quente, chegando a atingir 1500 ºC. Não existe uma delimitação da termosfera - fica cada vez mais fina até que se torna espaço.






A energia solar chega à   


 Terra através de "ondas curtas" às quais se dá o nome de "radiação solar".

84% da radiação solar é absorvida pelas rochas, pelo solo e pela água onde se transforma em "ondas longas" - o tipo de calor captado por infravermelhos. Estas ondas são impedidas de se dispersarem pelo espaço graças à atmosfera.


10% da radiação solar é devolvida ao espaço pela superfície terrestre.


6% da radiação solar é reflectida de volta para o espaço de volta para o espaço por moléculas que se encontram na atmosfera.




Sem atmosfera a temperatura média da Terra seria de -6 ºC.



Estratosfera:
Vai até cerca de 50 Km. Nela existe uma camada de ozono, gás extremamente importante para os seres que habitam a Terra, porque evita que certas radiações solares perigosas - radiações ultravioleta - cheguem à superfície terrestre.

Troposfera:
Vai até à altitude de cerca de 10 ou 12 Km; é nela que ocorrem os fenómenos meteorológicos (vento, chuva, neve, etc.). É constituída por uma mistura de gases a que se chama ar. Esta camada protege a Terra, impedindo que ela aqueça ou arrefeça demasiado. A temperatura, nesta camada, diminui com a altitude.


Outras camadas:
A partir dos 50 KM de altitude existem outras camadas. As que se situam acima dos 700 Km até uma distância indeterminada, onde começa o espaço cósmico, formam a alta atmosfera. A eles têm chegado satélites meteorológicos que enviam informações para a Terra e, nos últimos anos, têm sido atravessadas pelas naves espaciais.

Estratosfera:
Vai até cerca de 50 Km. Nela existe uma camada de ozono, gás extremamente importante para os seres que habitam a Terra, porque evita que certas radiações solares perigosas - radiações ultravioleta - cheguem à superfície terrestre.

Troposfera:
Vai até à altitude de cerca de 10 ou 12 Km; é nela que ocorrem os fenómenos meteorológicos (vento, chuva, neve, etc.). É constituída por uma mistura de gases a que se chama ar. Esta camada protege a Terra, impedindo que ela aqueça ou arrefeça demasiado. A temperatura, nesta camada, diminui com a